HOME

   
         
 

Roselena de Fátima Nunes Fagundes

Camaçari/Bahia/Brasil

 

Biografía:

 

Nascida em São Gabriel/RS. Radicada em Camaçari/BA. Licenciada em Pedagogia pela Universidade Estadual de Santa Catarina e pós-graduada em Psicopedagogia pela Cesuca Faculdade Inedi de Cachoeirinha/RS. Atuou como Professora de Educação Especial na Fundação Catarinense de Educação Especial em São José/SC e Educação Infantil na EMEI Granjinha em Cachoeirinha/RS. Radicada na Bahia, atua profissionalmente como Professora do Ensino Fundamental I na Educação de Camaçari/BA. Poetisa e escritora, iniciou suas publicações em 1979 no Jornal O Imparcial de sua cidade.

Foi uma das classificadas com 3º lugar no concurso da Litteris Editora do Rio de Janeiro/RJ e 1º lugar no Jornal Expresso das Letras de Porto Alegre/RS. Participou de 30 Antologias pela Editora Litteris; várias antologias pela Editora Revolução Cultural e Editora Partenon Literário de Porto Alegre/RS; Antologia pela Associação dos Cronistas, Poetas e Contistas Catarinenses de Florianópolis/SC; Antologia pela Associação Gaúcha dos Escritores Independentes de Porto Alegre/RS; 5 Antologias Poesias sem fronteiras pela Celeiros Editora de São Paulo/SP; 3 Antologias pelo Grupo Editorial Beco dos Poetas & Escritores Ltda.; numa Coletânea E agora?, pela Perse (Portal de publicação e comercialização de livros para autores independentes); numa Antologia de Câmara Catarinense do Livro; antologias pela Associação Literarte e Editora Mágico de Óz do Rio de Janeiro/RJ; Concursos pela Editorial Hispana USA; Antologias pelos Escritores Eleutheros da Argentina. Antologia Literária Esse jeito doce com que tu me acaricias pela Editora Jogo das palavras de Alumínio/SP; Antologia Eu Jardineiro Poesias, organizador Escritor Lenilson Silva Pedras de Fogo/ Pernambuco; I Concurso de Poesias FaD por Natanael Vieira E Convidados - Literary Collections e Antologia Encantos Do São João por Escritor Natanael Vieira E Convidados. Antologia Poesia de Botão pela Verlidelas Editora em Salvador/BA. Participou no Blog MeArt - Galeria de Arte & Artesanato. Participa de várias Revistas Virtuais, como Alfred Asís de Isla Negra, Chile; Revista Varal do Brasil da Suíça/Genebra; Revista LiteraLivre de Feira de Santana/Bahia; Revista Inversos de Feira de Santana/Bahia; Revista Cultural eisFluências de Lisboa/Portugal, Escritores Eleutheros de Argentina e SG MAG Revista Literária de Portugal. Participa no Jornal Correio da Palavra de Cruz Alta/RS e de vários blogs, sites literários no Facebook e Grupos Literários no WhatsApp. Primeiro livro em edição SENTIMENTOS EM POESIA pela Editora Versejar de São Paulo/SP.

 

TERESA DE CALCUTÁ

 

És Teresa, nome forte,

como tantas outras,

que na vida ou morte,

ficaram assim santas!

 

Viveu sua bela vocação

amando os irmãos pobres,

no seu grande coração,

os pequenos eram nobres!

 

Trabalhou numa missão,

tão digna de sua dedicação,

no bem foi a submissão

para doar sua vida e devoção!

 

VersAsís a PABLO NERUDA

 

 

 

Pablo

imortal poeta

com seu estilo

alcançou a sua meta

ser amor em júbilo

como um profeta

seu estilo

tranquilo.

 


SOMOS TODOS HUMANIDADE

(Norte América, onde está a humanidade?)

 

Nenhum nacionalismo tem explicação,

se não há nenhuma humanidade!

Nada ganhará quaquer nação,

crendo somente em desigualdade!

 

Um povo deve ter consciência

de que nasceu de outros povos!

A união do sangue é a história

de imigrantes velhos e novos!

 

Está é a sina de qualquer país

que não é melhor de que o outro,

é passado e presente e muito mais,

a humanidade é o real futuro!

 

AMOR SEMPRE

 

Amor é livre,

amor liberta,

amor é nobre,

amor aceita!

 

Amor dignifica,

amor inova,

amor pacífica,

amor renova!

 

Amor harmoniza,

amor beneficia,

amor sintoniza,

amor renuncia!

EMPODERAR O FEMINISMO

 

Empoderar é ter poder

de decidir o que ser,

como ascender,

fazer o que quiser!

 

Empoderar é ter igualdade

para ser diferente,

mesmo na desigualdade,

ter a própria identidade!

 

Empoderar é ter participação,

ter seu direito garantido,

lutar para valer a ação

de ser mulher neste mundo!